Sobre...

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento. Clarice Lispector

Home
Ask
about
Tumblr

Seria bom se amássemos apenas uma vez na vida, e que ela fosse a certa.

Requiz.   (via sepultos)

(Source: requiz, via realidade-distante)


Quote postado em 1/08/2014 às 5:51pm | 4,169 notes | (reblogue this!)


Photo postado em 1/08/2014 às 5:51pm | 4,675 notes | (reblogue this!)

Se era amor? Não era. Era outra coisa. Restou uma dor profunda, mas poética. Estou cega, ou quase isso: tenho uma visão embaraçada do que aconteceu. É algo que estimula minha autocomiseração. Uma inexistência que machucava, mas ninguém morreu. É um velório sem defunto. Eu era daquele homem, ele era meu, e não era amor, então era o que? Dizem que as pessoas se apaixonam pela sensação de estar amando, e não pelo amado. É uma possibilidade. Eu estava feliz, eu estava no compasso dos dias e dos fatos. Eu estava plena e estava convicta. Estava tranquila e estava sem planos. Estava bem sintonizada. E de uma dia para o outro estava sozinha, estava antiga, escrava, pequena. Parece o final de um amor, mas não era amor. Era algo recém-nascido em mim, ainda não batizado. E quando acabou, foi como se todas as janelas tivessem se fechado às três da tarde num dia de sol. Foi como se a praia ficasse vazia. Foi como um programa de televisão que sai do ar e ninguém desliga o aparelho, fica ali o barulho a madrugada inteira, o chiado, a falta de imagem, uma luz incômoda no escuro. Foi como estar isolada num país asiático, onde ninguém fala sua língua, onde ninguém o enxerga. Nunca me senti tão desamparada no meu desconhecimento. Quem pode explicar o que me acontece dentro? Eu tenho que responde às minhas próprias perguntas. Eu tenho que ser serena para me aplacar minha própria demência. E tenho que ser discreta para me receber em confiança. E tenho ser lógica para entender minha própria confusão. Ser ao mesmo tempo o veneno e o antídoto. Se não era amor, Lopes, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa. Um quase desespero, uma espécie de avião em queda que a gente sabe que vai se estabilizar, só não sabe se vai ser antes ou depois de se chocar com o solo. Eu bati a 200Km/h e estou voltando a pé pra casa, avariada. Eu sei, não precisa me dizer outra vez. Era uma diversão, uma paixonite, um jogo entre adultos. Talvez seja este o ponto. Talvez eu não seja adulta suficiente para brincar tão longe do meu pátio, do meu quarto, das minhas bonecas. Onde é que eu estava com a cabeça, Lopes, de acreditar em contos de fadas, de achar que a gente manda no que sente e que bastaria apertar o botão e as luzes apagariam e eu retornaria minha vida satisfatória, sem sequelas, sem registro de ocorrência? Eu nunca amei aquele cara, Lopes. Eu tenho certeza que não. Eu amei a mim mesma naquela verdade inventada. Não era amor, era uma sorte. Não era amor, era uma travessura. Não era amor, era sacanagem. Não era amor, eram dois travessos. Não era amor, eram dois celulares desligados. Não era amor, era de tarde. Não era amor, era inverno. Não era amor, era sem medo. Não era amor, era melhor.

Martha Medeiros   (via divergindo-me)

(Source: expurgar, via divergindo-me)


Quote postado em 27/07/2014 às 12:00am | 5,627 notes | (reblogue this!)

melhor coisa é vc dizer que n tá nem aí e por dentro não tá nem aí mesmo

(Source: u-nikorns, via not--found-o-caralho)

Texto postado em 26/07/2014 às 9:26pm | 1,809 notes | (reblogue this!)

Ninguém tem todas as respostas. Às vezes, o melhor que podemos fazer é pedir desculpas, e deixar passado no passado. Outras vezes precisamos olhar para o futuro e saber que, mesmo quando achamos que vimos de tudo, a vida ainda pode nos surpreender. E ainda podemos surpreender a nós mesmos.

Gossip Girl.  (via renato-07-12)

(Source: auroriar, via renato-07-12)


Quote postado em 26/07/2014 às 11:01am | 38,387 notes | (reblogue this!)

Então vamos sair pra caminhar. É tanta coisa que eu tenho pra contar. E não existe, no mundo outro lugar melhor do que ao seu lado pra eu ficar.

Lucas Silveira.  (via renato-07-12)

(Source: auroriar, via renato-07-12)


Quote postado em 26/07/2014 às 10:38am | 38,183 notes | (reblogue this!)

Aprenda a deixar ir, não precisa esquecer, mas, deixe acabar, deixe coisas novas chegarem, saiba esperar por elas e saiba não esperar também. Se você enxergar as coisas da maneira exata, elas nunca serão totalmente erradas. Foi assim que eu aprendi a sobreviver nesse pouco tempo de vida que tive, me desapegando. De tanto se perder uma hora a gente acerta o caminho.

Sean Wilhelm. (via quantitativo)

(Source: seanwilhelm, via quantitativo)


Quote postado em 23/07/2014 às 4:51pm | 25,655 notes | (reblogue this!)

Você faz meu coração palpitar só de ouvir seu nome.

Mar, amar.   (via acerejais)

(Source: prosseguirei, via amar2)


Quote postado em 23/07/2014 às 4:46pm | 2,921 notes | (reblogue this!)

(Source: shoo-t, via woffyx)


Photo postado em 23/07/2014 às 4:45pm | 5,649 notes | (reblogue this!)

Porque a força de dentro é maior. Maior que todo mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários. É maior porque é do bem. E nisso sim, acredito até o fim.

Caio Fernando Abreu.  (via verborragias)

(Source: inverbos, via verborragias)


Quote postado em 23/07/2014 às 4:43pm | 15,345 notes | (reblogue this!)
1 of 616 1 2 3 4 5 6 7 8 »